Cão labrador da PRF, Popó morre aos 14 anos de idade na Grande Curitiba

Aposentado desde 2017, Popó participou da maior apreensão de drogas da história da PRF no país

 

O cão labrador Popó nasceu no canil da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em fevereiro de 2006.

Participou de diversas operações, inclusive da maior apreensão de drogas da história da PRF no Brasil, em Alto Paraíso (PR). Na ocasião, em novembro de 2015, cerca de 24,5 toneladas de maconha foram apreendidas.

Aposentou-se aos dez anos. Desde 2017, vivia em uma chácara na Grande Curitiba, onde era muito bem cuidado.

Nesta terça-feira (24), morreu de velhice, aos 14.

Popó, presente! Descanse em paz, amigo.

 

PS – Relembre no vídeo abaixo como foi a aposentadoria de Popó, em reportagem produzida pela emissora de televisão RPC, em julho de 2017.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=pOg-p-wWH2s]

 

 

Clique aqui e confira o álbum de fotos completo da aposentadoria de Popó.

 

 

Texto: Fernando Oliveira/Agência PRF
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)