Ônibus clandestino quebra e deixa passageiros abandonados na estrada

Um coletivo irregular que transportava 49 pessoas quebrou na BR 153, próximo a Goiatuba, deixou os passageiros sem assistência na rodovia.

O veículo que é irregular, saiu de São Luís/MA com destino a São Paulo/SP, ele trasportava 49 passageiros: 10 crianças, 10 mulheres e 29 homens.

Segundo levantamento da PRF, da capital maranhense até o município de Goiatuba onde o coletivo foi encontrado, parado em um posto de combustíveis em pane, o veículo parou diversas vezes com problemas mecânicos até que na noite desta segunda-feira (14) o carro parou em definitivo e a viagem foi interrompida.

De acordo com informações dos ocupantes do coletivo, pelo transporte, a responsável pela viagem cobrou de 300 até 450 reais dos passageiros e até o local onde o carro foi encontrado a viagem durou cinco dias.

Sem condições de embarcarem em outro veículo por falta de dinheiro e sem recursos até para alimentação do grupo, o pouco que tinham foi usado pelos passageiros para ajudar a responsável pelo veículo, durante a viagem, para consertar o carro e prosseguir ao destino final.

A PRF acionou a Agência Nacional de Transportes Terrestres e a responsável pelo veículo, uma senhora de 41 anos de idade, foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil em Morrinhos.

 

 

Nucom.GO

Superintendência Regional da PRF no Estado de Goiás, estabelecida desde 1959. Hoje conta com 7 delegacias, 13 postos de fiscalização em mais de 3.000 km de malha viária no estado.